segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

Caixa de Pandora


Abro esta caixa terrivel...
a minha caixa dos segredos.
Nela vou guardando os pequenos pedaços de papel
onde escrevo as palavras que não ouso falar
Por vezes tambem lá guardo as lágrimas
que não consigo mais guardar dentro do peito
Essas lágrimas vão lentamente
apagando as letras daquelas dolorosas tiras de papel.
Mas as faixas do silencio
são muitas
E continuam a resistir a todas as correntes
que persistentemente correm da alma.
Fecho a caixa e tranco-a
Após colocar mais uma frase silenciada.

4 comentários:

Edu Beirão disse...

... the sound of silence sometimes speaks too loud...

ThreeTense disse...

Silent Secrets tell a story...
Besos !

Dida Prazeres disse...

Verdade Edu ;)

Dida Prazeres disse...

And what a story... ;)


Besos